Preenchimento de Rugas e Sulcos /

Restauração de Volume com Gordura​

A gordura humana, também conhecida como gordura autóloga, é colhida a partir de seu próprio corpo. Usar sua própria gordura requer um procedimento mais extenso que os demais procedimentos de preenchimento injetável, pois, primeiramente, você deve se submeter a uma pequena lipoaspiração (geralmente, apenas com anestesia local, mas pode-se associar uma sedação intravenosa, também.), para extrair gordura antes da injeção. Portanto, o enxerto de gordura (lipoenxertia) é um procedimento, normalmente, realizado em centro cirúrgico. Elimina-se o risco de reação alérgica ou rejeição pelo corpo, quando se utiliza a própria gordura. É sabido que nem todas as células vivas de gordura sobrevivem quando transplantadas para um novo local. Pode-se esperar uma taxa elevada de reabsorção (perda do resultado inicial). Assim, seu médico poderá, provavelmente, sobrecorrigir a área a ser tratada. Nos primeiros dias (em alguns casos, semanas), a aparência poderá ficar anormal, mas, progressivamente esse aspecto “inchado” desaparece e você desfrutará de um novo visual. Geralmente, são necessárias de duas a três sessões (com intervalo médio de três meses) até atingir-se o resultado planejado,quando então,pode-se considerá-lo duradouro ou semi-permanente (alguns anos).

 

Nos últimos anos, o enxerto de gordura voltou a ganhar destaque no meio científico, em especial, na cirurgia plástica, pois a gordura é rica em células tronco. Estas células conferem a esse tecido uma capacidade regeneradora nos locais que recebem esse enxerto. A  gordura pode, por exemplo, melhorar a qualidade da pele e das cicatrizes, assim como, acelerar a cicatrização de feridas

 

A Dra. Márcia Brandão atende pacientes interessados em preenchimentos com gordura  em seu consultório no Rio de Janeiro, RJ – Catete.

 

Referência: Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica

Compartilhar:



Se desejar, marque

uma consulta