Cirurgia Plástica de Redução de Mamas

ou Mamoplastia Redutora

A redução de mama ou mamoplastia redutora remove o excesso de gordura, o tecido glandular e a pele para atingir um tamanho de mama proporcional com o seu corpo e aliviar o desconforto associado com seios muito grandes.

 

Seios excessivamente grandes podem causar, em algumas mulheres, problemas emocionais e de saúde. O peso do tecido mamário em excesso pode prejudicar sua capacidade de levar uma vida ativa. A insatisfação com a aparência, freqüentemente associada aos seios grandes e caídos, é um problema para muitas mulheres, além do desconforto físico.

 

Redução de mama é uma boa opção para você se:

 

• Estiver fisicamente saudável,

 

• Tem expectativas realistas,

 

• Não fuma,

 

• Está incomodada com a sensação de que seus seios são muito grandes,

 

• Seios limitam sua atividade física,

 

• Tem dor nas costas, pescoço e ombro causada pelo peso de seus seios,

 

• Tem depressão nos ombros, no lugar das alças do sutiã, devido ao peso de seus seios,

 

• Tem irritação da pele abaixo do sulco da mama,

 

• Seus seios são flácidos e pendentes,

 

• O mamilo está abaixo do sulco da mama quando seus seios não são sustentados,

 

• Tem aréolas alargadas e pele flácida.

 



Mamoplastia Redutora

Importante saber:

 

• A cirurgia plástica de redução de mama ou mamoplastia redutora pode interferir com alguns procedimentos diagnósticos,

 

• Piercing na mama e no mamilo pode causar infecção,

 

• Sua capacidade de amamentar após a mamoplastia redutora pode ser prejudicada, sendo assim, converse com o seu médico se estiver planejando ter filhos,

 

• O procedimento de redução de mama ou mamoplastia redutora pode ser realizado em qualquer idade, mas, apresenta melhor resultado quando os seios estão totalmente desenvolvidos,

 

• O novo tamanho da mama ajudará a aliviar a dor e as limitações físicas existentes previamente à mamoplatia redutora. A mama mais proporcional poderá melhorar sua autoestima e autoconfiança. No entanto, ao longo do tempo, seus seios podem mudar devido ao envelhecimento, às oscilações de peso, à gestação, aos fatores hormonais e à gravidade.  A mama é um órgão sustentado, essencialmente, pela pele, assim, com o passar dos anos, as mamas podem “cair”.

Procedimento Cirúrgico

 

A cirurgia de redução de mama, geralmente, é realizada através de incisões nos seios com a remoção cirúrgica do excesso de gordura, do tecido glandular e de pele. Em alguns casos, o excesso de gordura pode ser removido através de lipoaspiração, em conjunto com as técnicas descritas abaixo. A técnica usada para reduzir o tamanho de seus seios será determinada por suas particularidades anatômicas, composição da mama, quantidade de redução desejada, suas preferências pessoais e aconselhamento do cirurgião plástico.

 

Etapa 1 – Anestesia

 

Medicamentos são administrados para o seu conforto durante a mamoplastia redutora. As opções incluem a anestesia geral. Seu médico irá recomendar a melhor opção para você.

 

Etapa 2 – Incisão

 

Opções de incisão incluem:

 

As linhas de incisão que permanecem são visíveis e as cicatrizes permanentes, no entanto, geralmente, ficam bem escondidas sob  maiô ou sutiã,

• Padrão circular em torno da aréola (periareolar).

 

• Padrão de fechadura ou forma de raquete, com uma incisão ao redor da aréola e, verticalmente, para baixo, até o sulco da mama,

 

• Padrão de incisão em forma de T invertido ou de âncora associada à incisão periareolar.

 

Portanto,a incisão aumenta de acordo com a necessidade de redução. O tipo e o tamanho da incisão definem o tamanho final das cicatrizes.

 

Etapa 3 – Remoção do tecido e reposicionamento

 

Após a incisão, o mamilo juntamente com a aréola (que permanece com seu suprimento sanguíneo original) são reposicionados. A aréola é reduzida através da excisão de pele no perímetro, se necessário. Ocasionalmente, em casos de seios extremamente grandes e pendentes, o mamilo e a aréola podem precisar ser removidos e transplantados para posição mais alta no seio (enxerto livre de mamilo). Portanto, a sensibilidade destes pode ser alterada, assim como, sua coloração, em qualquer das situações durante a redução de mamas ou mamoplastia redutora.

 

O tecido mamário subjacente é reduzido, levantado e modelado, assim, os tecidos da glândula mamária serão re-organizados após a ressecção do “excesso” para se conseguir uma boa forma na nova mama. Isto pode alterar o posicionamento de nódulos ou cistos mamários, que não sejam retirados no tecido ressecado.

 

Etapa 4 – Fechando as incisões

 

Aproximam-se as incisões para remodelar a mama, agora, em menor tamanho. As suturas são realizadas em camadas profundas dentro do tecido mamário para criar e sustentar os seios; suturas, adesivos de pele ou fita cirúrgica podem fechar a pele.

 

Curativos  

 

O procedimento de redução da mama ou mamoplastia redutora é finalizado, gazes e micropore serão aplicados nas incisões. Uma bandagem elástica ou sutiã podem ser usados para minimizar o inchaço e sustentar os seios.  

 

Serão dadas instruções especiais, incluindo

 

Como cuidar de seus seios após a cirurgia, medicamentos para tomar por via oral para ajudar a reduzir os riscos de infecção, preocupações específicas a procurar no local da cirurgia ou em sua saúde geral e acompanhamento pós-operatório com o cirurgião plástico.

 

Caso ocorram alterações na mama, após a realização da cirurgia, poderá ser necessária a realização de exames de Ultrassom ou de Ressonância Nuclear Magnética, para elucidação diagnóstica.

 

Caso ocorram alterações cicatriciais, existem tratamentos que podem ser empregados, na tentativa de melhorar o aspecto, inclusive o disfarce com pigmentação da aréola e da cicatriz.

 

Com o tempo, seus seios podem mudar devido ao envelhecimento, às oscilações de peso, à fatores hormonais e à gravidade. .

 

A Dra. Márcia Brandão atende pacientes interessadas em redução de mamas ou mamoplastia redutora em seu consultório no Rio de Janeiro RJ – Catete.

 

Referência: Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica

Compartilhar:

 Veja algumas dúvidas sobre a Mamoplastia 

Se desejar, marque

uma consulta